De Consumidores a Discípulos

De Consumidores a Discípulos

QUEM É VOCÊ NO CORPO DE CRISTO - O DOM ESPIRITUAL DE ADMINISTRAÇÂO

QUEM É VOCÊ NO CORPO DE CRISTO - O DOM ESPIRITUAL DE LIDERANÇA

QUEM É VOCÊ NO CORPO DE CRISTO - O DOM ESPIRITUAL DE ENSINO

QUEM É VOCÊ NO CORPO DE CRISTO - O DOM ESPIRITUAL DE EXORTAÇÃO

QUEM É VOCÊ NO CORPO DE CRISTO - O DOM ESPIRITUAL DE PROFETA

QUEM É VOCÊ NO CORPO DE CRISTO - O DOM ESPIRITUAL DE CONTRIBUIR / REPARTIR

QUEM É VOCÊ NO CORPO DE CRISTO - O DOM ESPIRITUAL DE MISERIÓRDIA

Quem é Você no Corpo de Cristo - O Dom Espiritual de Ajuda ou Socorro

Quem é Você no Corpo de Cristo - O Dom Espiritual do Serviço ou Ministério

Quem é Você no Corpo de Cristo - Quais os Resultados do Exercício dos Dons Espiriuais

Quem é Você no Corpo de Cristo - O Que São Dons Espirituais

Quem é Você no Corpo de Cristo - Introdução - A Vontade de Deus para Cada Um

IGREJA Projeto de Deus

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Luta contra o pecado

É uma triste verdade o quanto mau nós somos devido ao mal que há em nós. Analisando Rm 7.21 deparamos com verdades sobre o pecado latente e o quão necessário é que lutemos incessantemente contra este mal contido em nós, e, para isso, se faz necessária uma tomada de posição para o efetivo conhecimento deste mal.

A Palavra de Deus nos revela Sua soberana vontade e, conhecendo o mal que é algo que entristece o Espírito Santo, estaremos nos capacitando, dia após dia a lutar contra ele. Entendo ser este o comportamento requerido do servo de Deus!

A lei do pecado, agindo furtivamente dentro de nós, tende a cegar nosso entendimento, inclinando-nos a recompensas que, na verdade, não nos compensam em nada, do contrário, nos leva ao sofrimento de distanciarmos dos propósitos de Deus em nossa vida.

É um gigante dentro de nós, "embaixo de nossa pele". É um inimigo inoportuno que nos faz, como cristãos, viver em constante conflito.

Ninguém, em sã consciência e por vontade própria, entraria em um lugar na certeza de se perder ou de encontrar um monstro a sua espera.

O coração é enganoso e nele reside o mal, como se num compartimento em que não acessamos (ou não queremos assumir essa possibilidade), ou como se estivesse adormecido sem, portanto, aparentar nenhum risco, mas, ao menor descuido toma proporções assombrosamente desastrosas para nossa vida.

O quanto é difícil, mas plenamente capaz, lutarmos contra este inimigo. Quanto mais crescermos na Graça, mais fraco ele se torna!

Como estamos acostumados com as falsas tranqüilidades vivenciadas por nós no tocante a nossa carne... como a paz do cemitério que guarda podridão, corpos em decomposição. Lugar de lágrimas, separação.

Ao tentarmos reconciliação com a carne estamos alimentando o mal constante em nós e, quando buscamos fazer a vontade de Deus estamos mortificando a carne.

Se quisermos agradar a nossa carne não agradaremos ao Senhor, absolutamente não.

Um comentário:

edney disse...

Todos nós que buscamos estar cumprindo com o que o SENHOR tem nós designado, aparenta-se a nós uma luta maior contra o pecado. Muitos até dizem que para os que estão na presença de DEUS existem mais pecados, pois não podem fazer muitas coisa, sendo que na verdade até podemos, mas o Espito Santo nos incomoda´para aquilo que não nos engrandecerá espiritualmente e também fisicamente e nos fazendo saber que prestaremos conta de tudo o que fizemos. E é assim que muitos cristãos tem visto suas vidas em ruínas por não sentirem o exortamento do Espirito Santo e por não se policiarem, pois devemos nos policiar, ou seja nos vigiar contra qualquer investida de nossa carne. Quem vive no pecado está literalmente morto. Devemos ser cristãos vivos na vida e literalmente mortos para a morte, que é o salário do pecado. (Edney S. da Cunha)