De Consumidores a Discípulos

De Consumidores a Discípulos

QUEM É VOCÊ NO CORPO DE CRISTO - O DOM ESPIRITUAL DE ADMINISTRAÇÂO

QUEM É VOCÊ NO CORPO DE CRISTO - O DOM ESPIRITUAL DE LIDERANÇA

QUEM É VOCÊ NO CORPO DE CRISTO - O DOM ESPIRITUAL DE ENSINO

QUEM É VOCÊ NO CORPO DE CRISTO - O DOM ESPIRITUAL DE EXORTAÇÃO

QUEM É VOCÊ NO CORPO DE CRISTO - O DOM ESPIRITUAL DE PROFETA

QUEM É VOCÊ NO CORPO DE CRISTO - O DOM ESPIRITUAL DE CONTRIBUIR / REPARTIR

QUEM É VOCÊ NO CORPO DE CRISTO - O DOM ESPIRITUAL DE MISERIÓRDIA

Quem é Você no Corpo de Cristo - O Dom Espiritual de Ajuda ou Socorro

Quem é Você no Corpo de Cristo - O Dom Espiritual do Serviço ou Ministério

Quem é Você no Corpo de Cristo - Quais os Resultados do Exercício dos Dons Espiriuais

Quem é Você no Corpo de Cristo - O Que São Dons Espirituais

Quem é Você no Corpo de Cristo - Introdução - A Vontade de Deus para Cada Um

IGREJA Projeto de Deus

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Como age o pecado

O negócio do nosso inimigo é fraudulento e, por assim ser, se vale de muitos truques, a todo o momento, para fazer com que seu negócio alcance êxito. Nosso papel, conquanto cristãos que somos, é de sempre estamos atentos às sutilezas dos enganos que tem buscado maquiar o errado dando-o uma aparência de correto. Pecamos todas as vezes que nos deixamos levar pelas paixões deste mundo, pois agimos como tolos.

Antes de cometermos o pecado, propriamente dito, nos enamoramos dele, acostumamos com a idéia, o desejamos e caminhamos para a morte, pois é para a morte que a carne nos conduz.

Sendo sábios aos olhos do Senhor, agradando-nos do que Ele tem para nós, certamente não cederemos às investidas do enganador além de o expulsarmos de nosso meio.

A lei do pecado, ou seja, a inimizade contra Deus certamente agirá de modo a minimizar a gravidade do pecado em vez de acender em nós a verdadeira luz da santidade para a qual somos salvos. Fará emergir uma pútrida idéia de que nossos pecados estão pagos e posemos "gastar por conta".

Não podemos perder de vista o quanto somos carentes e dependentes de Deus e de Seu perdão e, de olhos fitos na Cruz de Cristo, lembrarmos sempre do que Deus foi capaz de fazer por nossa salvação. Certamente isso fará uma grande diferença em nossa vida.

Quanta coisa tem ocupado nossa mente fazendo-nos procrastinar os deveres diários, também, como temos buscado a Bíblia como caixinha de promessas como caçadores de recompensas, "horóscopo de crente".

Precisamos entender que A Palavra de Deus nos revela o Deus da Palavra e que Este é o "meu Deus" [1].

A Bíblia é o único livro que nos conduzirá a uma verdadeira adoração e vida cristã, e sem ela jamais seremos capazes de conhecer a vontade de Deus, tampouco a Sua palavra. Se não ocuparmos o nosso tempo, que na verdade é de Deus, em buscarmos fazer o que O agrada, de que valerá nosso viver?


[1] Aproprio-me deste termo para falar de um Deus pessoal e imanente, não de um modo egocêntrico de possuí-lo, como se isso fosse capaz.

Um comentário:

kalina Gomes disse...

Não só esse tema, mas os demais aqui abordados, são totalmente atuais e pertinentes à real situação contemporânea onde o pecado assedia e instinga as pessoas à abraçá-lo. Essa abordagem é um grande alerta a termos um total cuidado com o pecado. Q Deus continue usando o rev. Cleudson como instrumento vivo, iluminando-o a redigir tão fortes textos exortativos.