De Consumidores a Discípulos

De Consumidores a Discípulos

QUEM É VOCÊ NO CORPO DE CRISTO - O DOM ESPIRITUAL DE ADMINISTRAÇÂO

QUEM É VOCÊ NO CORPO DE CRISTO - O DOM ESPIRITUAL DE LIDERANÇA

QUEM É VOCÊ NO CORPO DE CRISTO - O DOM ESPIRITUAL DE ENSINO

QUEM É VOCÊ NO CORPO DE CRISTO - O DOM ESPIRITUAL DE EXORTAÇÃO

QUEM É VOCÊ NO CORPO DE CRISTO - O DOM ESPIRITUAL DE PROFETA

QUEM É VOCÊ NO CORPO DE CRISTO - O DOM ESPIRITUAL DE CONTRIBUIR / REPARTIR

QUEM É VOCÊ NO CORPO DE CRISTO - O DOM ESPIRITUAL DE MISERIÓRDIA

Quem é Você no Corpo de Cristo - O Dom Espiritual de Ajuda ou Socorro

Quem é Você no Corpo de Cristo - O Dom Espiritual do Serviço ou Ministério

Quem é Você no Corpo de Cristo - Quais os Resultados do Exercício dos Dons Espiriuais

Quem é Você no Corpo de Cristo - O Que São Dons Espirituais

Quem é Você no Corpo de Cristo - Introdução - A Vontade de Deus para Cada Um

IGREJA Projeto de Deus

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Desafios da Teologia

Se dermos acolhida às definições encontradas nos léxicos contemporâneos, eles são concordes entre si de que teologia é “ciência ou estudo...”, que se ocupa de Deus, religião, coisas divinas, e partem para as variações.

Teologia, a rigor precisa ser uma maneira de pensar e expressar em que o objeto é Deus e o resultado deste exercício sendo inexoravelmente algo único, verdadeiro e irrefutável.

As constantes discussões entre as comunidades de fé e as chamadas seculares, sobre o fato de a Teologia ser ou não ciência tem provocado sérios distúrbios em seus conteúdos e uma infinidade de “teologias” mescladas com teosofia e teogonia, e muitas outras “ias”[1], que deveriam ser ferramentas, tem adentrado ao ambiente acadêmico-teológico, provocando um afastamento do objetivo verdadeiro do ser da teologia, e isto já era preocupação do apóstolo Paulo conforme Colossenses 2:8, que diz” “Cuidado que ninguém vos venha a enredar com sua filosofia e vãs sutilezas, conforme a tradição dos homens, conforme os rudimentos do mundo e não segundo Cristo;”.

Teologia é saber racional e por assim ser deve propiciar um ambiente de comunicação agradável entre os mais diversos espaços de atuação, sendo passível de contestações por conta de sua cientificidade, entretanto, não esquecendo que pode e deve ser validado argumentativamente, na comunidade acadêmica teológica, em resposta à fé vivida e em diálogo com a comunidade acadêmica em geral.

A teologia, enquanto atividade pública precisa estar atenta às mais diversa formas de gritos da natureza, da sociedade, das comunidades eclesiais, dos ambientes acadêmicos se ocupando na árdua tarefa de oferecer respostas racionáveis, sem, contudo, agredir a fé e, por assim fazer, estar a serviço do Reino de Deus, propiciando uma vida melhor para o mundo, denunciando o pecado e plantando esperança no coração de todos.

Para nós da comunidade da fé, entendo que fazer teologia em nossos dias é um compromisso muito grande, pelo fato de entender que uma das tarefas da teologia é ser facilitadora do encontro das pessoas com o sagrado, ainda que não religiosas, propiciando o conhecimento de Deus, dessacralizando as visões metafísicas do mundo, e isto vai resultar mais de vivência religiosa do que de assimilação de doutrinas, pois sabemos que é o Espírito Santo quem convence o homem do pecado, da justiça e do juízo, conforme registrado em João 16.7-15.

Levando em conta o elemento fé, a sociedade em geral espera de nós maior capacidade dialogal para com os cidadãos seculares, entretanto estes precisam estar abertos à comunicação.



[1] Quero dizer aqui, toda da sorte de ciências que podem ser influenciadoras do exercício de pensar.

Um comentário:

Pr. Walderson Júnior disse...

É muito bom teologar a teologia do coração vinda do Trono da graça!